SWISSCAM promove Café da Manhã com CEOs na Nestlé

28/maio - SWISSCAM -

No dia 28/05, o CEO da Nestlé Brasil, Marcelo Melchior, recebeu o Embaixador da Suíça no Brasil, Andrea Semadeni, e alguns CEOs de empresas associadas à SWISSCAM para um café da manhã na nova sede da Nestlé em São Paulo.

Participaram da reunião: Elber Justo – Diretor Presidente da MSC (Mediterranean Shipping do Brasil), Embaixador da Suíça no Brasil Andrea Semadeni, Flavio de Souza – Vice-Presidente Jurídico & Compliance da Nestlé, H. Philip Schneider – Presidente da Câmara de Comércio Suíço-Brasileira, Hans Andreas Aebi – CEO da Victorinox, Marcelo Melchior – CEO da Nestlé Brasil, Mathias Jungen – Presidente da Swiss Re Brasil Resseguros, Mauro Patrus – Company Manager da Givaudan, Mo Metwally – Presidente (interino) da Novartis Brasil, Mônica Ferreira Vassimon – Presidente da Clariant Região América Latina, Oliver Moesgen – Presidente da Hilti do Brasil, Philippe Praz – Cônsul Econômico e Diretor do Swiss Business Hub Brazil, Rafael Paniagua Merchan – Presidente da ABB Brasil, Stefania Moeri Hertach – CEO da Câmara de Comércio Suíço-Brasileira, Sylvia Coutinho – Presidente do Grupo UBS Brasil e Valdemar Fischer – Diretor Regional da Syngenta para América Latina.

No encontro foram discutidos temas decisivos para estimular a troca de investimentos e o comércio bilateral entre o Brasil e a Suíça. Em destaque, a tramitação da ratificação da Convenção entre o Brasil e a Suíça para Eliminar a Dupla Tributação. O Embaixador se mostrou preocupado com a lentidão do governo brasileiro em ratificar a Convenção que foi assinada pelos dois países em 2018 e já foi aprovada pelo parlamento suíço. No Brasil, no entanto, o texto ainda está sendo analisado pelo Ministério das Relações Exteriores para depois passar pelas comissões da Câmara, do Senado e seus respectivos plenários. Todo o trâmite pode demorar de 4 a 7 anos.

Também foi abordado o andamento das negociações do Tratado de Livre Comércio entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), que segundo o Embaixador estão bastante avançadas. O principal foco agora é achar um acordo na questão da Proteção de Propriedade Intelectual.

Outro assunto mencionado foi a questão de a Suíça estar ainda na “Gray List” (Lista Cinza) da Receita Federal do Brasil. Os Diretores discutiram medidas para tentar reverter essa situação, pois fazer parte da Lista Cinza prejudica os negócios, uma vez que as empresas suíças acabam tendo que se submeter a critérios mais rígidos do governo brasileiro para calcular juros sobre as exportações.

Marcelo Melchior destacou a importância das empresas suíças se unirem para levar à Brasília suas reivindicações e pediu o auxílio da SWISSCAM para promover essa união.

A troca de ideias foi muito rica e produtiva. Agradecemos à Nestlé pela importante iniciativa!