Clariant celebra com o maestro João Carlos Martins os 10 anos do projeto “A Música Venceu” em Suzano

25/set - Associados, Cultura e social -

A Clariant celebra a parceria de 10 anos com a Fundação Bachiana no projeto “A Música Venceu”, idealizado pelo maestro João Carlos Martins com o objetivo de promover, por meio da educação musical, a democratização da cultura e a inclusão social. No dia 28 de setembro, a partir das 11h, na Escola Estadual Professora Jussara Feitosa Domschke, em Suzano (SP), os alunos beneficiados participam de uma aula-concerto em conjunto com a Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP.

“Acreditamos na educação como instrumento transformador da sociedade e estamos orgulhosos de alcançar a marca de 10 anos com um projeto de tanto valor”, avalia José Luis Arranz, Diretor de Infraestrutura da Clariant em Suzano. “Desenvolvemos diversas iniciativas na comunidade vizinha a nossa fábrica, especialmente com foco em educação, incluindo temas como sustentabilidade, esportes, formação em química, entre outros, sempre com base na política de sustentabilidade da companhia”, complementa.

O projeto “A Música Venceu” é uma parceria entre a Clariant e a Fundação Bachiana firmada no final de 2009, com o propósito de ensinar os principais conceitos da linguagem musical aos jovens. São aulas de violino, violoncelo, viola, percussão e canto/coral nas instalações da escola estadual em Suzano, com a expressiva marca de mais de 800 crianças e adolescentes já atendidos. A aula-concerto programada para o sábado, dia 28 de setembro, inicia o ciclo de comemoração dos 10 anos que se estenderá durante 2020.

“Com certeza, podemos dizer que o projeto transformou a escola. Ao longo desses anos, além de enriquecer o ambiente escolar com a música, acompanhamos o impacto positivo no desempenho dos alunos, por exemplo, com melhores notas e aumento na frequência. Também observamos nitidamente que os alunos se sentem mais felizes, mais integrados à instituição, que hoje é referência na cidade. Muitas famílias de outros bairros buscam vagas aqui porque querem participar do nosso projeto de música. A comunidade tem orgulho de fazer parte dessa iniciativa”, afirma Maura Andrea Prado, coordenadora da EE Jussara Feitosa Domschke, que participa ativamente da gestão do projeto desde sua implantação.

Entre os jovens que abraçaram a música está Lucas Ventura, de 19 anos. Ele faz aulas desde 2011 e, hoje, também atua como assistente dos professores. Integrante da Orquestra Jovem de Mogi das Cruzes, Lucas quer seguir carreira como músico e já teve oportunidade de tocar no Teatro Municipal, na Sala São Paulo e no Festival de Inverno de Campos do Jordão. “Meu sonho é tocar em grandes orquestras nacionais e internacionais”, comenta.

Analice Rodrigues Barboza, de 13 anos, participa das aulas desde 2015. Sempre teve vontade de estudar música e, por meio do projeto, descobriu o violino. Com muita dedicação, alcançou expressiva evolução nas aulas, tanto que participa de diversos concertos com atuação solo. “Também realizo apresentações com o grupo em asilos na cidade de Suzano”, comenta a aluna reforçando o alcance social da iniciativa.

Segundo Christofer Viana, de 20 anos, o projeto despertou nele a paixão por ensinar. Ele começou aos 12 anos e, mesmo já tendo concluído o ciclo na EE Jussara, segue estudando no projeto e apoiando alunos iniciantes, inclusive como bolsista da Fundação Bachiana. Também atua como professor de música em Suzano, além de tocar na Orquestra Jovem de Mogi das Cruzes. “Sinto um prazer enorme em dar aulas e poder ajudar outras pessoas”, conta.

São histórias como essas que comprovam a importância e o sucesso do projeto “A Música Venceu”. O maestro João Carlos Martins revela: “É gratificante ver o resultado alcançado pelos dedicados alunos de Suzano, cidade acolhedora e um dos núcleos mais importantes da Fundação Bachiana. Vamos iniciar as comemorações de uma década de projeto com uma linda apresentação, cujo repertório será formado por trilhas de cinema que marcaram a vida de várias gerações”.